domingo, 23 de novembro de 2014

TRILHA POÇO DO REBOLO 23/11/14

Apesar de no convite constar que o ponto de encontro, concentração e saída seria da Praça do Cassiano, na verdade foi da frente da prefeitura como de costume, Apesar de nos convites constar Pç. do Cassiano isto se deve ao fato dos mesmos já estarem salvos, mas a maioria dos ciclistas optaram por continuar a sair de frente da prefeitura. 
Equipe: Geovane, Guilherme, Luizinho, Diel, Jurandir, Elaine, Alex, Ivan, Gago, Ricardo, Miguel, Arielson, Clécio, Fernando, Michel, Joacir, André e Anderson, num total de 18 ciclistas. Percurso total de 35 km.


Fotos na Concentração

  

 Fatos e Fotos da Ida
A galera estava bem disposta e animada, a destacar a presença do ciclista Clécio que veio pedalando lá do distrito de Xucuru só para participar desta trilha. Muita gente não gosta e  outros nem querem ouvir falar em chuva e muito menos  em lama mas, para mim quando o dia está chuvoso e principalmente  quando as estradas se encontram no estado em que estavam hoje é algo maravilhoso, muita lama e uma dose redobrada de adrenalina, foi  isso que tivemos neste  pedal. Até aqui nenhum incidente registrado.

 

 

 

 

 

 Hora do Susto
Neste momento nós nos encontrávamos no Sítio Lagoa do Monte, enquanto parávamos para apreciar a vista e aguardar os retardatário uma preocupação tomou conta da equipe, é que o casal de ciclistas Elaine e Jurandir que haviam seguido por um traçado diferenciado do tradicional junto com outros ciclistas ainda não havia dado sinal de vida mas, tudo não passou de um susto e algum tempo depois os mesmos apareceram e se juntaram aos demais. A chuva que  caiu na noite anterior deixou parte do trajeto bem maltratado com muito barro e lama o que exigiu bastante dos ciclistas mas, que deixou o pedal ainda mais gostoso.

  

 

 

  Poço do Rebolo
Chegamos ao nosso destino ainda cedo da manhã e para nossa alegria podemos constatar que o volume de água que corria era bom, mas ao mesmo tempo dificultou o nosso acesso ao poço e sendo assim o banho  ficou prejudicado, bem que eu (Geovane) e o Guilherme estávamos dispostos a nos aventurar em busca de caminhos pelo mato que nos levasse até o poço mas, o restante da galera estava com muita pressa em ir embora e sendo assim quase não tomamos banho  o  que foi uma pena já que a água estava literalmente gelada.
 

 

 

 

 

 Fatos e Fotos da Volta
Na volta também aconteceu um pequeno contratempo, é que como os ciclistas que saíram na frente estavam pedalando muito rápido eu e os demais que ficamos para trás não tínhamos  noção de qual direção eles haviam seguido mas como eu conhecia a região optei por guiar os demais pelo  Sítio Campos seguindo na direção do  Sítio Caboclo que iria nos levar até a Bica Espalhadeira e de lá para casa. No deslocamento até a Espalhadeira tive vários problemas com a  minha bike e por isso  eu e os outros dois ciclistas que se encontravam comigo (Clécio e Guilherme)não conseguimos alcançar o casal Elaine e Jurandir  e muito menos  os outros que partiram a frente mas, apesar de ter de tomar cuidado redobrado tanto eu como os demais atrasados chegamos em casa bem e inteiros fisicamente.Fica aqui os meus parabéns a todos e os meus agradecimentos por prestigiarem mais um belo pedal do nosso grupo. Não  foram tiradas fotos da chegada.

 

 

 

 VENHA PEDALAR COM OS AMIGOS DO PEDAL
Você é o Nosso Convidado Especial


ACOMPANHE NOSSAS AVENTURAS TAMBÉM PELO FACEBOOK

Por: Geovane Bezerra