sexta-feira, 20 de maio de 2016

COMO VENCER A CHUVA NAS COMPETIÇÕES DE BIKE

Pedalar na chuva para muitas pessoas é algo muito gostoso de se fazer, eu mesmo sou fã de um pedal na chuva, de preferência com muita lama, mas em se tratando de provas e competições pedalar sob chuva, principalmente se esta chuva for forte além de aumentar o risco de você sofrer um tombo mais forte pode também causar um efeito cascata onde vários ciclistas venham a tombar junto com você, por isso leia com atenção esta postagem e colha dela belos aprendizados para o seu dia a dia. O texto a seguir foi retirado do site  da Herdbull os méritos são todos dele. 


A bicicleta é uma ferramenta que permite você praticar o esporte sob quaisquer condições climáticas.

 Brandon Semenuk: downhill escorregadio © Red Bull Content Pool
Por Andre T.Piva em 8 Abril 2015
A bike oferece diversas formas de se divertir. Existem muitos esportes praticados com bicicleta, subdividindo-se em tantas outras modalidades. Mas seja qual for seu estilo de competição, quando começa a cair àquela chuva, tudo muda para conduzir uma bicicleta com eficiência.
É preciso ficar mais atento ao caminho, segurar firme o guidão e encarar os obstáculos. O uso de equipamentos e acessórios, como capa de chuva, óculos, para-lamas, luvas, entre outros, assim como ter uma atitude diferenciada, ajudam a superar os desafios com mais confiança, como já foi mencionado nas matérias anteriores.
Mas como vencer a chuva nas competições, em que os pequenos detalhes podem ser o fato para ganhar ou perder uma corrida. Para responder essa pergunta, conversamos com alguns especialistas que compartilharam as seguintes dicas.

Fique seco

Para o campeão Pan-Americano de MTB XCO 2015 Henrique Avancini "uma boa dica é considerar que em dias de chuva o mais importante é manter-se seco, por isso não adianta colocar muitas camadas de roupas de frio, pois só acumularão água. Mantenha-se aquecido pelo máximo de tempo possível antes da prova e se estiver frio, tome bebidas energéticas mais quentes para subir a temperatura do corpo", explica.

Capa "caseira" para os pés

O atleta fluminense da equipe Cannondale Factory Racing também dá dicas mais "caseiras" para enfrentar a chuva, consequentemente o frio, com maior eficiência.
"Uma dica 'tabajara' pros dias de chuva é fazer uma capa de sapatilha descartável. Cubra a sapatilha até a altura acima das meias com plástico feltro de cozinha. Como 'acabamento', coloque uma meia velha por cima para apertar o plástico. Faça um pequeno corte para os tacos e pronto: você vai ter uma opção muito barata para aquecer o pé e mantê-los secos desde que as condições não sejam muito extremas", acrescenta.

Escolha o pneu certo

Quantos aos equipamentos, Henrique Avancini destaca a importância do uso do pneu correto em condições lamacentas para pedalar.
"Numa corrida com chuva, a primeira preocupação é com os pneus. Quanto mais lama tiver na pista, mais fino o pneu deve ser. Opte pelo desenho dos cravos mais altos e com cravos espaçados", destaca Avancini, para evitar que a lama fique grudada no pneu, deixando a pedalada mais pesada.

Pós prova

Outra dica importante é quanto ao cuidado após o término da competição debaixo de chuva.
"Após a prova procuro tomar bebidas quentes e me agasalhar o mais rápido possível", completa Avancini. 

 Atenção redobrada com asfalto liso © Red Bull Content Pool

Na estrada

Para vencer a chuva nas competições de triathlon e ciclismo, geralmente realizadas em estrada asfaltadas, é importante ficar atento com os seguintes aspectos:
·         Os pneus finos tem pouca faixa de contato com o solo, portanto use uma calibragem de ar mais baixa - reduzindo de 5 a 10 psi - para aumentar à aderência;
·         Evite movimentos bruscos, freadas muito fortes e curvas deitando a bike, pois o asfalto molhado fica bastante escorregadio;
·         Evite passar por dentro de poças, pois provavelmente são buracos submersos;
·         Leve sempre uma câmara de ar reserva, pois no caso de um furo, remendar debaixo de chuva fica inviável;
·         Seja inteligente, em condições climáticas extremas de forte vento, raios e visibilidade menor do que 10 metros aborte a missão;
·         Pedale sempre sentado no selim, evite pedalar de pé para manter a tração do pneu no solo.

 Giacomozzi: familiarizado a pedalar na lama © Cortesia Nataniel Giacomozzi

Downhill na lama

Despencar uma montanha já é uma tarefa que exige habilidade, agora imagine debaixo de chuva, em que a trilha logo transforma-se num lamaçal! Conversamos com o catarinense Nataniel Giacomozzi (Hupi / Shimano) que deu algumas dicas para pilotar em condições climáticas extremas.
Configuração para o downhill na lama 
"Primeiro a escolha de um pneu, no caso de lama, pneu de lama, com cravos mais altos e espaçados. Outra coisa muito importante é baixar a calibragem, nos dias secos uso de 28 a 31Lbs na chuva baixo de 25 a 28 lbs", explica "Nata".
Proteção aos olhos
"Proteção visual é indispensável, por isso indico os para-lamas devem ser utilizados para lhe proteger do barro, isso faz com que a lama não seja lançada pelo pneu diretamente nos seus óculos e rosto. Outro item importante no downhill é a escolha dos óculos (Google) com sistema tear off ou Roll Off, uma película que auxilia na limpeza do óculos durante sua descida", acrescenta.
Roda livre
"A grande dica é sempre manter a roda em movimento, com isto você mantem o pneu mais limpo pois a lama consegue ser empurrada para fora. Costumo andar fluindo mais nesta condição, mantendo a bike em movimento e evitando movimentos e freadas mais bruscas, assim evitando brigar com a bike ou forçar uma linha mais agressiva que possa causar imprevisto ou reduzir demais a velocidade", completa Giacomozzi.



VENHA PEDALAR COM OS AMIGOS DO PEDAL
Você é o Nosso Convidado Especial

Que tal sair da rotina, conhecer belos lugares praticando um esporte que faz bem ao corpo, a mente e a alma? Que tal fazer novas amizades e conhecer outras cidades ao lado de boa companhia? Se você gosta do que vê  nas fotos que postamos aqui no blog e tem vontade de fazer parte disso mas ainda não deu o primeiro passo. Que tal fazer isso neste final de semana? Junte-se aos nossos ciclistas numa bela trilha que iremos realizar neste domingo que terá como destino o Distrito de Xucuru, mas atenção este pedal não é indicado para iniciantes devido ao grau de dificuldade, se você tem pouco costume de pedalar ou se está iniciando no pedal recomendamos que você primeiro participe de alguns dos nossos passeios noturnos e depois de uma trilha leve e curta, depois aos poucos entrará em forma e pode participar dos demais pedais. Venha fazer parte da Família Amigos do Pedal.

 
  
  

CONVITE ESPECIAL
Convidamos todos os ciclistas de Belo Jardim e demais cidades da região a participarem do primeiro grande evento dos Amigos do Pedal neste ano de 2016, trata-se do 2º Pedal Entre Amigos que é na ralidade um encontro de ciclistas onde esperamos contar com a participação de cerca de 300 ciclistas de toda a região e de outros estados. Para saber maiores detalhes sobre este evento cliquem no link que está disponível no cartaz. O valor da inscrição é de R$ 25,00.

TORNE-SE UM COLABORADOR DESTE BLOG
Faça como eles e torne-se um colaborador do nosso blog, aqui você vai ter a certeza de que a sua empresa, a sua marca ou o seu serviço vai ser visto por milhares de pessoas em todo o Brasil e também no exterior. Anuncie aqui e veja os seus rendimentos crescer.
 
 
 
 
 


Por: Geovane Bezerra